Bem-vindo ao Blog do Caminho das Folhas.

domingo, 13 de novembro de 2022

passarinhos

 



Olá, .
choca muito a afirmação esta semana de leitor do Globo que não  há passarinhos no Rio.
Se ele mora na Rio Branco pode ser. Aqui perto do Cosme Velho há umas 15, 16 espécies nativas ,canoras ou não, no mínimo. Não conto o rato de asas que é o pombo.  que infesta a calçada das escolas.
 Para ver tiê- sangue e sabiá branco tem de ir a lugar um pouco mais tranquilo, como encostas na Tijuca, Urca, e o parque Jardim Botânico.
MAS o que realmente assusta é o leitor sentir saudade de pardal. Meu Deus, ainda bem que voltou o tico-tico. Pardal não canta, não come mosquito, come migalhas e lavouras de grão. Tico tico tem barrete cor de rosa gracioso, não come a lavoura e  tem um chamado encantador (variações por bairros).
O famigerado e alienígena ´pardal o expulsava de seus territórios, uma praga,  que bom que a espécie nativa reagiu. 
Em SP capital os feirantes da Barra Funda deixam mamões abertos para agradar a sabiás e bem-te-vis. O leitor deve estar fazendo algo errado. Experimente plantar na sacada!
 


(carta ao Globo publicada  13 de novembro 2022, sendo esta  a versão original)


Imagem incorporada

domingo, 23 de outubro de 2022

traje de gala

Tive a curiosidade, qualquer um que não andasse ligado em tevês e vídeos teria, de descobrir qual a roupa que Seu Jorge vestia no palco do mal freqüentado clube gaúcho.

Conheci muito o simpático e polivalente artista do tempo do Farofa Carioca; amei a atuação em "Casa de Areia", ao lado das Fernandas. Agora a roupa "chocou profundamente" o presidente do clube, que viu no traje "falta de decoro e respeito".
Após uns baseados, teria Seu Jorge subido ao palco de fio dental de oncinha?: De diabo, meneando a cauda vermelha e tridente idem para cima do público?
Pois ao que parece, foi a camiseta de uma ONG que defende adolescentes em risco de violência. Chocante e desrespeitoso. 
Não por primeira vez lamento que não tenha havido lá atrás a secessão dos estados do Sul. O que estão aprontando, e o RS nem é o pior, todos veem todo dia.  O ex-juiz poderá ser presidente e todos os evangélicos radicais poderão ir para lá. Podemos ficar com os civilizados, os do PSOL, o corajoso batista K., e outros tantos.
E o resto Fora! Todo mundo em Curitiba e no Grêmio Náutico! Secessão já!

Em Tempo: pois não houve quem chamasse o cardeal de cumunista por estar de vermelho? 

sábado, 15 de outubro de 2022

o sírio de nazaré

Em São Paulo o candidato supostamente da democracia bateu tanto num dos adversários que o outro subiu e deve se eleger. Estratégia e tanto. No Rio  a estratégia não existiu, houve dois candidatos, um decente e o outro escuso,  que juntos teriam derrotado o senador futebolístico. Compreende-se que o decente não quisesse se sujar  ao contato do outro mas ...faltou alguma coisa às campanhas dos dois. Estranhas escolhas.

Pior ainda do que este senador reeleito são alguns dos novos. O ex-ministro da Pandemia; da Saúde não dá para chamar; entre outros, nenhum destes outros mais assustador do que a senadora eleita pelo DF Depois que descreveu cenas absurdas que diz, pressionada, "ter ouvido na rua", circula petição para ver se se evita que tome posse. Todos somos contra a pedofilia, de que recentemente se falou aqui. Por isto mesmo parece muito mal que daqui a meses alguém venha a dizer, Ah, mas isso é "apenas pedofilia normal"; não são aquelas coisas que aquela senhora descreveu".
O inacreditável mandatário ao pendurar bandeira gigante no Alvorada declara que ninguém tem nada com isso porque ali é a sua casa. Não é não senhor. O Alvorada não é casa de ninguém, é residência oficial do presidente. Que emitiu nota após a vergonha de Aparecida, onde foi se fingir de bonzinho. Nela diz que tem o direito de assistir missa onde quer; verdade, mas convocara centenas de apoiadores e pretendia rezar um terço com os católicos dentre estes, o que não ocorreu. A nota também fala da arrogância de alguns prelados. A arrogância deve ser dom Orlando repetir este ano o que disse ano passado, que a pátria amada não pode ser armada. Ah sim, este ano acrescentou que a pessoa tem de escolher se é católica ou evangélica. Quanta arrogância.
Quando o mandatário só queria fazer a sua mediazinha eleitoreira tranquilamente. Convocou os apoiadores porque em Belém do Pará ficou sozinho com a deputada sua escudeira. As pessoas não largaram a corda do Círio para ir prestar continência. Mas postou imagens na sua rede social. Nela avisava estar na festa.. do Sírio de Nazaré. Haja quibe.
Dom Orlando, alguém duvidava? tinha razão.

Imagem incorporada

quarta-feira, 28 de setembro de 2022

a postos

 Aqui no Rio todos devem ter notado; o quebrador de placa inelegível segue militando como se estivesse apto a concorrer. Bate no ex-jogador e o ídolo de ambos não toma partido.

Nem por um segundo simpatizo com  o jogador, agora evangelizado e defensor das pautas bovinas. Porém ele é o candidato do fascismo (conservadora era Maggie Thatcher, a família real inglesa, e tutti quanti). Está elegível, não proferiu ameaças (nem quebrou placa de vereadora assassinada) e não, não vou obviamente votar nele. A insistência do ex-policial demonstra o seu desrespeito pela lei, pela Nação, e possivelmente algo pior, a sua confiança  em que lhe passem mão (armada) pela cabeça raspada.

Mas nesse caso, para quê senadores e Parlamento, não é mesmo? Numa hipótese mais otimista, o ex-policial é tão obtuso que não notou a contradição. Não tenho esse otimismo. Noutra, mais plausível, sabe que não chega lá, porém está construindo a sua imagem de marombado acima das leis, para uso futuro, pois afinal seguidores haverá de ter.  E na política, tal como a concebe, pretende permanecer.

Creio que a nobre Clara Criaturinha seja também candidata ao cargo,  e que se digladiam  por representar oficialmente o ainda mandatário. O que não entendo é por que a oposição tem dois candidatos,  que ora um ora o outro aparecem em eventos com o candidato da oposição. Ilustrando por omissão o que deveria ter sido feito lá atrás para presidente. Como seja, vou cravar o número do que tem melhor fama. E Senado é importante mas ao lado do risco principal, vira pormenor. Mãos postas!




sexta-feira, 9 de setembro de 2022

química

 Sim, o candidato da democracia inda solta umas barbaridades, mas a terceira via está longe de ser competitiva; que pena não se terem unido logo no começo. Sim, o candidato do agro e garimpo para cada uma diz e pensa vinte mais. Triste, muito triste, e o país desce pelo ralo.

Mas hoje quero defender uma candidata pela qual  nutro escassíssima simpatia. Ao Senado, creio. Vamos chamá-la de Menininha Clara, está bem? filha de políticos fluminenses que já...bom, ela mesma. Tive o desprazer de ouvir a sua vinheta no rádio. Além de brados ao Senhooor!! (deixem-no fora disso, o Estado é LAICO!) ela pede castração química para pedófilos e está sendo massacrada por isso. Vi uma breve entrevista em que psicólogos declaravam a prática "contrária à dignidade da pessoa".

Então antes de  mais nada é preciso definir o conceito de pedofilia, e é bem possível que o da moça seja mais abrangente. Fazer sexo com adolescentes que consintam, como AQUELE diretor polonês ou ESSE roqueiro tupiniquim, não é pedofilia, e quero a integridade física destes e de outros afins bem preservada. o roqueiro até casou com a menina, sua prima. Ambas as moçoilas tinham quinze aninhos. E daí? Vale para sexo pago? Dependendo da idade  pode ser sim corrupção de menor., crime previsto na lei.  Pedofilia, meninas púberes, não. 

Mas pedófilos no duro, do tipo que raptam criancinhas e filmam os abusos, não possuem dignidade alguma a ser preservada e se capturados devem ser punidos com a máxima severidade. Lembram das crianças refugiadas vindas da Síria que sumiram ao chegar na Alemanha? os pais tinham se perdido ou morrido, famílias benevolentes os ajudaram a chegar até a triagem, na hora de cada pessoa se identificar a vigilância para com criança alheia esmoreceu... e as câmeras mostraram pelo menos dois garotos de pouca idade seguindo ursinhos de pelúcia agitados por desconhecidos. Os pedófilos ganham dinheiro por isso também, pois filmam o que fazem e vendem os filmes. Dizem os especialistas, diz a polícia que até se sobrevivem e são resgatadas as vítimas carregam sequelas profundas. "Mercadoria danificada", definem.

Então, e sem ...química alguma pela moçoila e seus péssimos planos eleitorais, torturadores de crianças por definição são indignos e seria bom que os doutores saíssem da caixinha e lembrassem disso; as vítimas é que precisam de serem defendidas.






quinta-feira, 1 de setembro de 2022

todo mundo entendeu que é para reconstruir?

 Não bastasse ver a  nossa esperança nas mãos de um senhor cuja aparência se torna mais frágil a cada dia, ainda temos de ouvir barbaridades à moda do tristemente  inesquecível "estupra mas não mata".  Estamos em 2022 e veio " quer bater, tem de bater em casa". E a tecla naturalmente é a economia; pois só o poder de compra interessa a uma população sem sentido de cidadania. Entre a qual muitos passam sim fome; não se vai ao mercado sem se deparar com pedintes à porta que pedem óleo ou leite em pó; costumo deixar isso pra outro cliente e trazer frutas para as crianças, ou biscoitos. Não sei se um novo governo fará muito para abrir as cabeças de quem se vê na equação interesse pessoal /voto. Até porque para muitos o pessoal é, como se vê, mais do que candente.

Jornalistas estão em seu papel ao esmiuçar e criticar. Porém soa às vezes como se fosse fazer diferença. Francamente.  Estes, como eu, votaríamos numa vassoura de óculos, saia ou gravata se fosse nos livrar no pesadelo destruidor. Mas todo mundo entendeu que é para reconstruir?

Hordas cheias de ódio em nome do que dizem ser Deus (falta matar para virar Estado Islâmico), candidato carrancudo e defensor de armar a população, contra a população. Do outro lado o de-longe-menos-pior,  com longa, mui longa estrada. 

Até nisso estamos reproduzindo os Estados Unidos; que possamos então seguir o figurino inteiro com êxito, até a eleição.


domingo, 21 de agosto de 2022

gangrena

Estes empresários golpistas cuja lista vazou, se é que são mesmo só eles, agora estão na berlinda.  Tive a pachorra de pesquisar o que cada um fazia. Menos o papagaio de pirata verde-amarelo; todos sabemos da loja na Barra (claro!), a que tem na porta  uma cafoníssima Estátua da Liberdade; e que também ´patrocina vários times de futebol, não apenas o rubro-negro carioca. Pois então. Além dele uma construtora da Barra, uma empresa de shoppings,  uma empresa de madeira (epa!) que produz e vende móveis.

Não há risco de eu esquentar o comércio da Barra ou de shoppings, espaços que por mim deixavam de existir uma e outros. Quanto aos móveis.. seja ou não legal essa  madeira, lembrei de ter lamentado logo no começo da pandemia o fechamento das lojas cariocas desse nome. Na de Botafogo adquiri diversos objetos artesanais, nenhum de madeira, ufa. Mas os consignados também deram dinheiro à família, infelizmente. Suspeito que o jovem empresário cuja foto saiu possa ser herdeiro do antigo dono das lojas, e que pensaria ou não como ele. Se reabrir noutro lugar não contarão comigo.

A mesma falta de ética, piorada pela barulhenta afirmação da opção religiosa, vemos nos políticos destituídos, primeiro a pastora assassina, depois o vereador assassino, agora este outro ex-PM cuja opção na verdade ignoro mas dou a cara a tapa que é a mesma. Como matar, até onde se sabe e se consegue provar, não matou, fica livre e ontem se soube que poderiam ter começado um mês mais cedo o processo: caso em que a cassação o impediria de concorrer a deputado, como pretende fazer. E o partido, o mesmo do Bozo, o que faz? De início ia expulsá-lo, depois alguns ponderaram que melhor ver se ia mesmo ser cassado ou não, porque se não, puxaria votos .. Vergonha? Pior: cassado, segue no partido. 

O desprezo pela ética, ilustrado pela atitude do partido Liberal, das seguidoras animadinhas que acham normal o moço passar a mão em assessores, estuprar meninas-moças, forjar vídeos, promover sessões de masturbação no gabinete,  é a mesma que leva empresários a declarar "mil vezes um golpe". è a mesma que nos tempos da Abertura, levou invasora da Vila do João a declarar, - Só saio se o tal dono for alguém de muito dinheiro. Se for pé-rapado que nem eu, não vai ter pra ele.  Saiu, foi saída, mas esta frase que jamais esqueço é o retrato de um país que começou a morrer quando nasceu e está se gangrenando.