Bem-vindo ao Blog do Caminho das Folhas.

segunda-feira, 17 de março de 2008

florais, criança e bichos

É freqüente se ouvir alguém pedir "um floral" para alguma criança malcriada, ou com alergia, ou sem apetite...
O tom é não raro de pouco interesse, só interessa o bom comportamento da criança, o que até se compreende.
E já é um bom caminho que o adulto esteja pensando em dar floral em vez de calmante de farmácia, que saiba que a linha de tratamento existe, em vez de perguntar "Florais de Bach?" quase a 100% um indicador de que nada sabe do assunto....
E por fim errar é humano, é o caminho de toda aprendizagem; então não se trata de pichar esses adultos...
mas enfim, criança com distúrbio de comportamento ou de saúde do tipo asma, alergia, bronquite crônica, sensibilidade umbilical - ou seja, situações crônicas, mais uma vez- indica problema em casa também. Se for algo respiratório melhora se a alimentação melhora: mais água, menos leite, menos refri, mais fruta... mas pode ainda ser insuficiente.
Excesso de timidez, agressividade excessiva, a referida hipersensibilidade do umbigo são exemplos de coisas que os pais por vezes demoram muito a notar porque acham a cria perfeita, ou ainda não lhe têm muito interesse real. Interesse não é comprar jogo eletrônico e matricular no cursinho.
Já problemas respiratórios são impossíveis de ignorar e traduzem uma profunda angústia. O floral agirá nisso sem dúvida, mas se a causa da angústia permanece inalterada será como enxugar gelo.
Portanto a família inteira deveria usar florais, havendo um problema em alguma criança da casa. Tudo deve ser considerado, a alimentação, os adultos que lidam com a criança, a casa e as relações na casa e fora dela.
Criança mal cuidada vira adulto com problemas...
Por fim, uma palavrinha sobre alergia. Em adulto ou criança indica intolerância a algo que está em sua vida e não é aceito, ou medo de ter de aceitar algo. Intolerância a pelo de gato por exemplo não se deve tratar afastando o animal, e sim indo ver a causa da alergia... Animais são companheiros que muito têm a ensinar e são usados em hospitais atentos ao lado humano para alegrar crianças doentes!

Um comentário:

mari.lalo disse...

tem algo em meu corpo que mexe muito como se foce um bebe mexendo mais nao estou gravida me falarao que é a mae do corpo o q devo fazer pois tenho muitas contrasoes isso nao para de correr minha barriga o q devo fazer se alguem suber me diga